A Associação Empresarial de Paços de Ferreira, em parceria com o Município de Paços de Ferreira, está presente na Bolsa de Turismo de Lisboa, na FIL, para promover o conforto do mobiliário da Capital do Móvel. Até 17 de março, vai ser desenvolvida uma ação, no espaço da CIM do Tâmega e Sousa,  que convida os visitantes a tirar uma fotografia a um cadeirão e partilhá-la nas redes sociais, habilitando-se a um almoço e entrada dupla na 52.ª Capital do Móvel, que se realiza de 27 de abril a 5 de maio.

O presidente da AEPF, Rui Carneiro, acredita que esta é uma forma muito positiva de publicitar a maior feira de mobiliário e decoração do país, fugindo dos moldes habituais, e acredita que o marketing direto poderá trazer mais visitantes a Paços de Ferreira.

“A indústria do mobiliário é uma das indústrias mais relevantes e presentes no concelho de Paços de Ferreira e, nesse sentido, uma das mais importantes bandeiras do concelho.

Com esta ação pretende-se promover o concelho e a marca Capital do Móvel, apelando à participação do público. Para além disso, o objetivo é trazer mais visitantes a Paços de Ferreira durante o período em que decorre a 52.ª Capital do Móvel (27 de abril a 5 de maio). Pela capacidade de melhorar a economia da região, a feira é um dos melhores exemplos quando se fala de turismo de negócios”, defendeu.

Rui Carneiro adiantou ainda que a 52.ª edição da Capital do Móvel manterá algumas das novidades no ano anterior como os workshops e as provas de vinho, e quer manter parcerias e alargar o âmbito da feira. “O futuro da Capital do Móvel  passa pela criação de condições para que as pessoas queiram estar connosco, para que achem atractivo visitar-nos e encontrem soluções à sua medida, não apenas no que concerne à oferta comercial de mobiliário”, acrescenta.